Contato: (45) 99901-7480

Mundo

Conta de Donald Trump no Twitter é suspensa permanentemente

Publicado

em

O Twitter informou nesta sexta-feira (08) que suspendeu permanentemente a conta do presidente dos EUA, Donald Trump, devido ao risco de mais incitamento à violência.

“Após uma análise detalhada dos tweets recentes da conta #realDonaldTrump e do contexto em torno deles, suspendemos permanentemente a conta devido ao risco de mais incitação à violência”, disse a empresa. “No contexto dos eventos horríveis desta semana, deixamos claro na quarta-feira que violações adicionais das Regras do Twitter potencialmente resultariam neste mesmo curso de ação.”

De acordo com o Washington Post, centenas de funcionários do Twitter exigiram em uma carta escrita esta semana que os líderes da empresa suspendessem permanentemente a conta de Donald Trump após a invasão, chamando a resposta da empresa de insuficiente. Os funcionários também solicitaram uma investigação sobre os últimos anos de ações corporativas que levaram ao papel do Twitter na insurreição.

O presidente republicano já havia sido bloqueado no Facebook e no Instagram pelo menos até a cerimônia de posse do democrata Joe Biden, programada para 20 de janeiro.

“Acreditamos que os riscos de permitir que o presidente continue a usar nossos serviços durante este período são grandes demais”, disse Zuckerberg em um comunicado publicado no próprio Facebook.

Mundo

Novas abordagens terapêuticas querem reprogramar as células para que rejuvenesçam

Tecnologia utiliza o mRNA para levar “instruções” capazes de reparar danos no organismo

Publicado

em

Como fecho para as colunas dedicadas ao Longevity Leaders Virtual 2021, uma rápida visão do futuro: as novas abordagens terapêuticas não pretendem apenas retardar o envelhecimento, e sim revertê-lo.

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui

É o que propõe o cientista Jay Sarkar, cofundador da startup Turn.bio, detentora da tecnologia ERA (epigenetic reprogramming of age), que reprograma as células para que rejuvenesçam. Mas como?

Vamos navegar um pouco nos mares da ciência: RNA, a molécula que carrega a informação genética do DNA, é essencial para a síntese de proteínas.

O mRNA é um dos tipos de RNA e seu papel de mensageiro ganhou as manchetes durante a pandemia porque foi o segredo da vacina da Pfizer contra a Covid-19: em vez de inserir o vírus inativo ou atenuado, ele é capaz de ensinar as células a sintetizar uma proteína que estimula a resposta imunológica.

Jay Sarkar, cofundador da startup Turn.bio, detentora de tecnologia que reprograma as células para que rejuvenesçam  — Foto: Divulgação

Jay Sarkar, cofundador da startup Turn.bio, detentora de tecnologia que reprograma as células para que rejuvenesçam — Foto: Divulgação

Sarkar está utilizando essa “habilidade” do mRNA para provocar o rejuvenescimento de uma célula ou tecido. “Na verdade, isso é o que acontece naturalmente na procriação. Dois seres humanos mais velhos geram um bebê que é uma versão mais jovem do seu material genético. Portanto, não se trata de algo que o organismo desconheça”, tenta descomplicar, afirmando que se trata de processo semelhante: o velho se transformando em novo.

Com o envelhecimento, as células acumulam defeitos e suas funções se degradam. Através da tecnologia ERA, o mRNA é encapsulado e transladado para células específicas, com “instruções” para reparar determinado dano. Por enquanto, são experiências em fase pré-clínica, isto é, realizadas em laboratório, numa parceria com a Universidade de Stanford.

No entanto, têm potencial para corrigir problemas oftálmicos e dermatológicos e osteoartrite, como Sarkar detalhou em artigo publicado na revista científica “Nature”.

É importante esclarecer que a reprogramação epigenética está relacionada a uma intervenção na funcionalidade dos genes, como se tivéssemos botões de liga e desliga no organismo. Ela não muda, nem manipula o DNA, ou seja, não altera a sequência do genoma.

Fonte: portal G1

Continue lendo

Dólar

Dólar cai para R$ 5,22, no menor valor desde janeiro deste ano

A bolsa iniciou o dia em baixa, mas recuperou-se durante a tarde e encostou nos 123 mil pontos.

Publicado

em

Influenciado pelo exterior e pela valorização das commodities, o dólar reverteu a alta do início do dia e fechou em queda, voltando a alcançar a menor cotação desde janeiro.

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui

A bolsa iniciou o dia em baixa, mas recuperou-se durante a tarde e encostou nos 123 mil pontos.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (11) vendido a R$ 5,223, com recuo de R$ 0,009 (-0,18%). A divisa atingiu R$ 5,28 na máxima do dia, por volta das 10h30, mas reverteu o movimento e passou a operar próxima da estabilidade. A divisa está no menor nível desde 14 de janeiro.
Com informações da Agência Brasil.

Redação: Bem Paraná

Continue lendo

Mundo

Destroços do foguete chinês caem no Oceano Índico; maior parte se desintegrou ao entrar na atmosfera

Publicado

em

Uma parte dos destroços do foguete chinês Longa Marcha CZ-5B caiu hoje (9) no Oceano Índico, a oeste das Ilhas Maldivas. As informações são da agência argentina Telam. A queda da peça, de 30 metros de altura e 20 toneladas, foi confirmada pela Agência Espacial chinesa.

“De acordo com monitoramento e análise, às 10h24 (0224 GMT) de 9 de maio de 2021, o primeiro estágio do foguete 5B Longa Marcha voltou à atmosfera”, disse a agência espacial em comunicado.

De acordo com a agência, a maior parte do segmento se desintegrou ao entrar na atmosfera. Havia a expectativa de que o segmento do foguete pudesse cair em alguma parte habitada, causando prejuízos. As autoridades chinesas haviam afirmado que a queda do segmento do foguete representava pouco perigo.

A queda também foi confirmada pelo Comando Espacial dos Estados Unidos, que disse que o segmento entrou na atmosfera pela Península Arábica aproximadamente às 22h15.

“#USSPACECOM confirma que o chinês #LongMarch5B reentrou na Península Arábica aproximadamente às 10:15 pm EDT em 8 de maio. Não se sabe se os destroços impactaram a terra ou a água”, disse o perfil do comando no Twitter.

O foguete Longa Marcha CZ-5B tem, no total, 57 metros. Ele foi lançado em 29 de abril, com a missão de levar ao espaço o primeiro módulo da nova estação espacial da China. O seu compartimento de carga, na “ponta” do foguete, tem bem menos, cerca de 27 metros e 25 toneladas. O restante do foguete, se desprende do compartimento de carga assim que sua função no lançamento é cumprida. Após o desacoplamento, esses estágios podem voltar à órbita da Terra.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Cinema

Velozes & Furiosos 9: Todos os personagens confirmados no filme

Personagens que participarão de Velozes e Furiosos 9

Publicado

em

 Velozes & Furiosos 9 não terá as presenças de Dwayne Johnson e Jason Statham. No entanto, o penúltimo filme da saga de Dom Toretto (Vin Diesel) terá o retorno de importantes personagens da franquia, incluindo Han Lue (Sung Kang), supostamente morto em Desafio em Tóquio, além de Sean Boswell (Lucas Black) e Twinkie (Bow Wow). Especula-se ainda que Brian O’Conner, papel do saudoso Paul Walker, também fará uma participação.

1. Dominic Toretto (Vin Diesel)Vin Diesel volta como Dom Toretto.

Dominic Toretto (Vin Diesel)

2. Letty Ortiz (Michelle Rodriguez) Letty Ortiz (Michelle Rodriguez).

Letty Ortiz (Michelle Rodriguez)

3. Jakob (John Cena), irmão de Dom e Mia TorettoJohn Cena é Jakob, irmão de Dom e Mia Toretto.

Jakob (John Cena), irmão de Dom e Mia Toretto

4. Mia Toretto (Jordana Brewster)Jordana Brewster volta ao papel de Mia Toretto.

Mia Toretto (Jordana Brewster)

5. Cipher (Charlize Theron)Charlize Theron é novamente a vilã Cipher, que está trabalhando ao lado de Jakob.

Cipher (Charlize Theron)

6. Magdalene Shaw (Helen Mirren)Helen Mirren volta à franquia, desta vez atrás do volante, como Magdalene Shaw, mãe de Deckard (Jason Statham) e Owen (Luke Evans).

Magdalene Shaw (Helen Mirren)

7. Han (Sung Kang)Han está vivo e é mais uma vez interpretado por Sung Kang.

Han (Sung Kang)

8. Sean Boswell (Lucas Black) e Twinkie (Bow Wow)Sean Boswell (Lucas Black) e Twinkie (Bow Wow), de Desafio em Tóquio, também estão de volta.

Sean Boswell (Lucas Black) e Twinkie (Bow Wow)

9. Earl (Jason Tobin)Jason Tobin retorna ao papel de Earl.

Earl (Jason Tobin)

10. Roman Pearce (Tyrese Gibson)Claro que Tyrese Gibson marca presença como Roman Pearce.

Roman Pearce (Tyrese Gibson)

11. Tej Parker (Ludacris)Roman vem acompanhado de Tej Parker, vivido por Ludacris.

Tej Parker (Ludacris)

12. Ramsey (Nathalie Emmanuel)Nathalie Emmanuel (Game of Thrones) interpreta Ramsey novamente.

Ramsey (Nathalie Emmanuel)

13. Vinnie Bennett, Finn Cole e Francis NgannouVinnie Bennett (A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell), Finn Cole (Peaky Blinders) e o lutador Francis Ngannou vão participar do filme.

Vinnie Bennett, Finn Cole e Francis Ngannou

14. Jim Parrack, Michael Rooker e Anna SawaiJim Parrack (True Blood), Michael Rooker (Guardiões da Galáxia) e Anna Sawai (Ninja Assassino) estão entre os novos membros do elenco.

Jim Parrack, Michael Rooker e Anna Sawai

15. Cardi B e OzunaOs cantores Cardi B e Ozuna também integram a produção em papéis ainda não revelados.

Cardi B e Ozuna

Fonte: Adoro CInema

Continue lendo

Acidente

Foguete chinês sem controle deve cair na Terra esse fim de semana

Previsão é que entre na atmosfera às 23h30 no Sul da Indonésia; fragmentos devem se desintegrar, mas China é criticada pelo risco

Publicado

em

Um risco “baixo” ou mesmo “ínfimo”, mas não zero: um foguete chinês deve retornar, sem controle, à atmosfera terrestre neste final de semana. China e muitos especialistas consideram, porém, a hipótese de danos na Terra mínima.

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui

O país asiático colocou em órbita o primeiro módulo de sua estação espacial em 29 de abril, graças a um foguete Longa Marcha 5B – o mais poderoso e imponente lançador chinês.

É a primeira parte deste foguete, atualmente em órbita, que deve retornar à Terra. Está perdendo altitude gradualmente e seu ponto de queda ainda é desconhecido.

A China tem sido muito discreta sobre o assunto e não publicou nenhuma previsão sobre o horário que o lançador entrará na atmosfera terrestre, ou onde deveria se desintegrar total ou parcialmente.

Para a agência espacial russa Roscosmos, a entrada pode acontecer hoje às 23h30 GMT (20h30 no horário de Brasília) no Sul da Indonésia.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos estima que será às 23h00 GMT (20h00 de Brasília) – com uma margem de erro de nove horas.

Após um longo silêncio constrangedor das autoridades espaciais e diplomáticas chinesas, Pequim finalmente reagiu na sexta-feira (7).

“A maioria dos componentes (do foguete) vai queimar na reentrada na atmosfera”, assegurou Wang Wenbin, porta-voz do ministério de Relações Exteriores da China.

“A probabilidade de causar danos às atividades aéreas ou (a pessoas, edifícios e atividades) em solo é extremamente baixa”, disse ele.

Imprensa discreta

A imprensa chinesa pouco falou sobre o evento, contentando-se em repetir neste sábado as declarações feitas na véspera pelo porta-voz da diplomacia.

Se partes do foguete permanecerem intactas após a reentrada na atmosfera, há uma boa chance de que caiam no mar, uma vez que o planeta é 70% água.

“Esperamos que caiam em um lugar onde não prejudiquem ninguém”, declarou na sexta Mike Howard, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

O secretário de Defesa americano, Lloyd Austin, garantiu esta semana que seu país não tem intenção de destruir o foguete. Ele deu a entender, porém, que seu lançamento não foi planejado com os devidos cuidados pela China.

O risco de destroços do lançador atingirem uma área habitada existe, mas é improvável, de acordo com vários especialistas entrevistados pela AFP.

“Dado o tamanho do objeto, inevitavelmente restarão pedaços grandes”, antecipa Florent Delefie, astrônomo do Observatório Paris-PSL.

Mas a probabilidade de impacto numa área habitada é “ínfima, menos de um em um milhão, sem dúvida”, tranquiliza Nicolas Bobrinsky, chefe do departamento de Engenharia e Inovação da Agência Espacial Europeia (ESA).

“Não há necessidade de se preocupar muito”, observa Jonathan McDowell, astrônomo do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, nos Estados Unidos, e especialista em detritos espaciais.

“Mas o fato de uma tonelada de fragmentos metálicos atingir a Terra a centenas de km/h não é uma boa prática, e a China deveria revisar suas missões para evitar isso”.

Em 2020, destroços de outro foguete Longa Marcha caíram em vilarejos na Costa do Marfim, causando danos, mas sem feridos.

Em abril de 2018, o laboratório espacial chinês Tiangong-1 se desintegrou ao entrar na atmosfera, dois anos depois de parar de funcionar.

A China vem investindo bilhões de euros em seu programa espacial há várias décadas.

O país asiático enviou seu primeiro astronauta ao espaço em 2003. No início de 2019, pousou um robô no lado oculto da Lua.

No ano passado, trouxe amostras da Lua e finalizou o Beidou, seu sistema de navegação por satélite (concorrente do GPS americano).

A China planeja pousar um robô em Marte nas próximas semanas e também anunciou sua intenção de construir uma base lunar com a Rússia.

Fonte: Portal R7

Continue lendo

Brasil

Apple é rackeada e tem projetos roubados

Apple é alvo de Ransoware, tenho projetos roubados

Publicado

em

A Apple foi alvo de um ataque de “sequestro de dados”. Depois de criminosos roubarem projetos de alguns de seus novos produtos, a fabricante do iPhone está sendo chantageada a pagar US$ 50 milhões pelo resgate das informações. Esse tipo de ataque é conhecido como “ransomware” e foi inicialmente revelado pelo site The Record.

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui

O foco do roubo foram os esquemas de engenharia e fabricação de produtos (atuais e futuros) pertencentes à empresa taiwanesa Quanta, que fabrica MacBooks e outros equipamentos para a Apple.

Um grupo de hackers russo, chamado REvil, alegou publicamente que havia invadido a Quanta. Os hackers começaram a postar informações dos projetos da Apple em um site de vazamento na véspera do primeiro evento de lançamento da empresa em 2021, que ocorreu no último dia 20 – na ocasião, a empresa revelou um novo iPad Pro, uma linha de iMacs coloridos e os acessórios AirTags, entre outros produtos.

Em comunicado à agência de notícias Bloomberg, a fabricante Quanta confirmou que seus servidores sofreram violação: “A equipe de segurança de informação da Quanta Computer trabalhou com especialistas de TI externos em resposta a ataques cibernéticos direcionados a um pequeno número de servidores Quanta”. A empresa também disse que “não houve impacto material nas operações”.

A Quanta, porém, ainda não deu mais detalhes sobre a invasão. Segundo o site The Verge, as imagens publicadas pelos criminosos traziam desenhos do novo iMac, apresentado pela Apple na terça-feira – um sinal de que os documentos obtidos são verdadeiros. As imagens são acompanhadas por um aviso que diz: “Isto é propriedade da Apple e deve ser devolvido”.

Os criminosos disseram que estão negociando a venda de grandes quantidades de desenhos confidenciais e gigabytes de dados pessoais com várias marcas importantes. Deram como prazo o dia 1.º de maio para a Apple resgatar os dados. O grupo também afirmou que planeja revelar novos arquivos todos os dias até que a Apple pague a quantia pedida.

Fonte: Estadão

Continue lendo

Brasil

China quer trabalhar com o Brasil para promover parceria estratégica

A China e o Brasil são forças importantes impulsionando a multipolarização do mundo e compartilhando interesses comuns extensivos e estreitos.

Publicado

em

O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse neste sábado (10) que a China quer trabalhar com o Brasil para promover sua parceria estratégica abrangente a fim de continuar fazendo novo progresso.

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui

Wang fez o comentário em uma conversa por telefone com Carlos Alberto Franco França, ministro das Relações Exteriores do Brasil.

Ao parabenizar França por sua nomeação como ministro das Relações Exteriores, Wang disse que como grandes países em desenvolvimento, representantes das economias emergentes e parceiros no Brics, a China e o Brasil são forças importantes impulsionando a multipolarização do mundo e compartilhando interesses comuns extensivos e estreitos.

A China, segundo Wang, sempre valoriza e desenvolve as relações com o Brasil de uma perspectiva estratégica de longo prazo, colocando o Brasil em uma das direções de prioridade para seus laços estrangeiros.

Após o surto da pandemia da covid-19, a China e o Brasil têm combatido a pandemia com solidariedade e superado as dificuldades juntamente. Apesar da tendência adversa, a cooperação pragmática tem crescido, com progresso estável em muitos projetos grandes, o que reflete completamente a forte resiliência da cooperação dos dois países, disse Wang.

Ao indicar que o vírus é o inimigo comum da humanidade, Wang disse que atualmente a pandemia no Brasil e outros países na América Latina está ainda muito severa.

A China se compadece com o Brasil e apoia firmemente os esforços do governo brasileiro para conter a pandemia e restaurar sua economia, disse Wang, acrescentando que a China, dentro de sua capacidade, quer continuar com a cooperação de vacina com o Brasil para satisfazer sua necessidade urgente.

Ele disse que as economias da China e do Brasil têm vantagens complementares óbvias e grande potencial de crescimento, e que a cooperação é de interesse fundamental dos dois países e povos.

Os dois lados devem promover o crescimento estável do comércio bilateral e expandir ativamente a cooperação em 5G, economia digital, inteligência artificial e outras áreas. Acredita-se que o Brasil fornecerá um ambiente de negócio justo e aberto para as empresas chinesas operando no país, disse Wang.

Ao destacar que a China e o Brasil buscam políticas estrangeiras independentes e respeitam a soberania e integridade territorial um do outro, Wang pediu que os dois países continuem a se entender e a se apoiar nos assuntos relacionados com seus interesses fundamentais respectivos.

Mirando a nenhum terceiro lado, a cooperação China-América Latina se foca no desenvolvimento comum e cooperação pragmática, o que satisfaz as necessidades dos dois lados, disse Wang, indicando que o Brasil desempenhará um papel importante e ativo nesse respeito.

Por sua parte, França, que agradeceu a Wang os parabéns, assinalou que as relações Brasil-China são de grande significado estratégico e que os dois países têm feito cooperação saudável em várias áreas.

O chanceler brasileiro acredita que a conversa telefônica injetará ímpeto na cooperação bilateral.

O Brasil espera desenvolver ainda mais as relações harmoniosas com a China e realizar a cooperação a longo prazo, disse Franca, sugerindo que os dois países façam uso completo e melhorem os existentes canais de comunicação e mecanismos de cooperação bilateral, fortalecem seu diálogo estratégico e continuem a aprofundar suas relações.

Ao agradecer à China sua ajuda generosa ao Brasil desde o surto da pandemia, França lembrou que a China é um produtor importante de matérias-primas farmacêuticas no mundo.

Indicando que o Brasil está em necessidade urgente de vacinas e suprimentos médicos na luta contra a pandemia, França disse que seu país espera contínuo suporte forte da China.

A cooperação científica e tecnológica é de grande significado aos dois países, e o Brasil quer fortalecer a cooperação com a China nas áreas como a economia digital e 5G, e manter a comunicação estreita com a China na promoção da cooperação China-América Latina, acrescentou França.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Brasil

Soja: Preços nos portos do Brasil testam níveis acima de R$ 180/saca para agosto com suporte do dólar

E há pouca pressão de venda. Os vendedores estão esperando para se posicionar com níveis mais altos, o mercado do momento é de poucos negócios da safra futura. O produtor tem feito algumas trocas, mas em ritmo um pouco mais lento de vendas de soja da safra nova”, explica o consultor.

Publicado

em

O dólar alto frente ao real tem ajudado a manter os preços da soja sustentados no mercado brasileiro. Nos portos, as referências ainda variam entre R$ 175,00 a R$ 179,00 por saca, dando chances entre R$ 181,00 a R$ 182,00 ao se observar a posição de agosto, como explica o consultor de mercado Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting. 

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui

Não só a soja 2020/21 está bem precificada, como a safra 2021/22 também já sinaliza bons indicativos, ainda de acordo com Brandalizze, que relata referências entre R$ 155,00 e R$ 158,00. 

“E há pouca pressão de venda. Os vendedores estão esperando para se posicionar com níveis mais altos, o mercado do momento é de poucos negócios da safra futura. O produtor tem feito algumas trocas, mas em ritmo um pouco mais lento de vendas de soja da safra nova”, explica o consultor. 

No interior, algumas praças também registraram valorizações, principalmente respeitando suas realidades regionais de oferta e demanda, enquanto outros sentiram mais forte a pressão de Chicago, onde os futuros da oleaginosa encerraram o dia com perdas de quase 30 pontos nos principais contratos. 

MERCADO EM CHICAGO

O maio perdeu 26,25 pontos para terminar o dia com US$ 13,66 e o agosto, US$ 13,15 por bushel. O mercado da soja na Bolsa de Chicago, mais uma vez, está sendo envenenado pela queda nos preços do óleo de soja, que operam no limite de baixa nesta tarde de terça. 

Os futuros do derivados negociados na CBOT terminaram o pregão perdendo quase 5% e pressionaram severamente os preços do grão. 

“Na semana passada, a movimentação de realização (do óleo) se de deveu a rumores de importação por parte dos EUA de óleo de soja argentino. A conta da importação continua fazendo sentido, uma vez que os basis internos americanos estão nas máximas históricas, alta provocada pelo forte aperto dos estoques internos americanos”, explica a Agrinvest Commodities. 

Além da pressão dos derivados, já que o farelo de soja também opera do lado negativo da tabela, o mercado também segue na defensiva e se posicionando antes da divulgação dos novos boletins do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quarta-feira (31). 

O reporte mais esperado é o que traz as projeções de área, que sinalizam um aumento em relação à safra anterior. No entanto, a área esperada deve vir menor do que o que foi reportado no Outlook Forum do USDA, em fevereiro. 

Caso os números confirmem as expectativas do mercado, a área de milho norte-americana na safra 2021/22 pode ser 2,6% maior, 8,3% no caso da soja e 1,3% no caso do trigo. 

Além disso, as condições de clima no Corn Belt têm mostrado melhora e também ajudam a pesar sobre o mercado, ainda como explica Vlamir Brandalizze. “As temperaturas estão subindo, já são positivas e poucas áreas estão com temperaturas abaixo de zero pela manhã e, com isso, o solo vai esquentando, favorecendo o início do plantio no Meio-Oeste”, diz o consultor.

Os trabalhos de campo já foram iniciados em alguns estados, ainda timidamente, mas já marcando o início da safra 2021/22.  

Fonte: Notícias Agrícolas

Continue lendo

Coronavirus

Pfizer diz que sua vacina contra covid é 100% eficaz para faixa de 12 a 15 anos

“Compartilhamos a urgência de expandir a autorização de nossa vacina para uso em populações mais jovens e somos encorajados pelos dados de ensaios clínicos de adolescentes com idades entre 12 e 15 anos”, diz Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer, em nota.

Publicado

em

A Pfizer anunciou nesta terça-feira, 31, que sua vacina contra a covid-19 desenvolvida junto à BioNTech é 100% eficaz para adolescentes de 12 a 15 anos.

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui

Por isso, os laboratórios, nas próximas semanas, vão solicitar à Agência de Alimentos e Drogas (FDA, na sigla em inglês) e à Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) autorização para uso do imunizante na faixa etária agora testada.

“Compartilhamos a urgência de expandir a autorização de nossa vacina para uso em populações mais jovens e somos encorajados pelos dados de ensaios clínicos de adolescentes com idades entre 12 e 15 anos”, diz Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer, em nota.

“Planejamos enviar esses dados ao FDA como uma emenda proposta à nossa autorização de uso emergencial nas próximas semanas e a outros reguladores em todo o mundo, com a esperança de começar a vacinar essa faixa etária antes do início do próximo ano letivo”, acrescenta.

De acordo com o comunicado disponibilizado à imprensa, o ensaio com adolescentes de 12 a 15 anos envolveu 2.260 pessoas. Delas, 1.129 foram do chamado grupo de placebo, com 18 confirmações de covid-19. No grupo vacinado, com 1,131 adolescentes, ninguém contraiu a doença. Os efeitos colaterais relatados foram “geralmente consistentes” com aqueles observados em participantes de 16 a 25 anos de idade.

A vacina contra o novo coronavírus da Pfizer em parceria com a BionNTech é a única a ter autorização para uso definitivo no Brasil, mas, até o momento nenhuma dose do imunizante foi administrada no País. Nos Estados Unidos, o laboratório tem autorização apenas de uso emergencial.

Fonte: ISTOÉ

Continue lendo

Coronavirus

Vacinar os sem-teto contra covid é prioridade no Reino Unido

Quando a pandemia começou, há um ano, o governo britânico pediu aos conselhos municipais que abrigassem todos que dormiam nas ruas, até mesmo em hotéis. Desde então, afirma ter investido 700 milhões de libras (US$ 965 milhões) e acomodado 37.000 pessoas.

Publicado

em

“Não quero morrer de covid!”, exclama Mac, disposto a ser vacinado imediatamente apesar de ter apenas 25 anos, no âmbito da campanha em massa realizada no Reino Unido, que colocou as pessoas sem-teto entre os grupos prioritários.

Sem-teto desde os 18 anos, este jovem inglês que esconde seus longos cachos loiros sob o capuz de um moletom esportivo recebeu a oferta no abrigo noturno onde agora dorme.

É um dos alojamentos temporários visitados pelo dr. Alex Fitzgerald-Barron em Winchester, sul da Inglaterra, em um esforço para levar a vacina a esses “pacientes de alto risco”.

O sistema imunológico deste grupo de pessoas está deprimido por uma combinação de doenças, afirma, listando “transtornos psicológicos, pneumonias frequentes, infecções dentárias e dermatológicas”, ou “alto risco de hepatite C se injetarem drogas”.

“Se pegarem covid-19, é muito mais provável que acabem no hospital e morram”, mesmo se forem jovens, assegura.

No Reino Unido, o país mais atingido da Europa, com quase 127.000 mortes, o governo incluiu os sem-teto entre os grupos prioritários para vacinação em uma campanha massiva que já atingiu 30 milhões de pessoas.

“É muito importante que ninguém seja deixado para trás”, disse o ministro da Saúde, Matt Hancock, que prometeu incluir todos os migrantes, independentemente de sua situação legal, ao fazer o anúncio em meados de março.

Mas Fitzgerald-Barron, assim como um punhado de outros médicos, começou o trabalho antes, usando seu “julgamento médico” para classificá-los como “extremamente vulneráveis”, um dos primeiros grupos vacinados.

– Pequena geladeira portátil –

Enquanto outros usam clínicas móveis em pequenas ambulâncias, este médico se contenta com uma pequena geladeira que conecta ao carro.

Nela, carregue as doses diárias. E quando chega a um abrigo, volta a ligar a geladeira na parede, pronto para receber esses pacientes tão “difíceis de localizar que é preciso passar pelas associações de caridade que já têm contato com eles”.

“Se eu não estivesse no abrigo noturno, eles não teriam me oferecido a vacina”, diz Mac.

Capital da Inglaterra entre os séculos IX e XII, famosa por sua catedral gótica e o elitista internato Winchester College, esta cidade de 40.000 habitantes está localizada em um ambiente rural.

“Conheço pessoas que vivem em barracas de camping nos campos que nunca serão encontradas”, acrescenta este jovem de barba rala e um olhar azul vivo que fala a toda velocidade.

Em janeiro, Fitzgerald-Barron localizou 114 pessoas, das quais 74 aceitaram ser vacinadas, o que considera “um bom resultado”, alcançado graças a uma “relação de confiança pessoal”.

“Fui onde eles estavam para explicar o que era”, afirma, seguro de que, se tivessem recebido uma mensagem simples por escrito, ninguém teria pedido uma consulta por suspeita do sistema.

É o caso de Leighan, de 35 anos, que declinou o convite. “Acho que tudo isso é uma grande conspiração para controlar a população”, diz ele enquanto come espaguete no centro de acolhida Trinity, uma associação de Winchester que ajuda os sem-teto.

– Voltar às ruas –

Quando a pandemia começou, há um ano, o governo britânico pediu aos conselhos municipais que abrigassem todos que dormiam nas ruas, até mesmo em hotéis. Desde então, afirma ter investido 700 milhões de libras (US$ 965 milhões) e acomodado 37.000 pessoas.

Mas, ao final do primeiro confinamento em junho, “vimos que alguns continuaram a ajudar, mas outros não, e algumas pessoas tiveram o apoio negado”, disse Jasmine Basran, da associação Crisis, que trabalha com moradores de rua em todo país.

Durante a pandemia, Mac passou apenas um mês em um hotel.

“Foi incrível, tinha um quarto lindo. Foi como viver uma vida normal. Trabalhava mais, porque tinha uma base sólida”, conta, explicando que costuma trabalhar como jardineiro.

Mas aí “você volta para a rua, ou para o abrigo noturno cercado de drogados”, e “é como dar um passo atrás”, afirma, lamentando não ter recebido alojamento definitivo apesar de ter pedido várias vezes: “Eu não uso drogas, não bebo, eu trabalho, por que não?”.

Basran insiste em que o governo “ainda não estabeleceu sua estratégia para depois” do atual confinamento.

E Fitzgerald-Barron teme que, quando voltar aos abrigos para a segunda dose da vacina em abril, “algumas pessoas não estejam mais lá”.

Continue lendo

Paulinho Lava Car

Previsão do tempo

Facebook

Termos de uso e responsabilidade

É proibido a reprodução de todo ou qualquer parte deste site sem autorização prévia, como determina a lei nº 9.610 de 19 de fevereiro/98.
Todo conteúdo aqui exposto, visa a informação, a imparcialidade e a transparência.