Contato: (45) 99901-7480

Marechal Rondon

“Eu sempre estive preparado para tudo. Gosto de desafios”, afirma Ila

Entrevista com o vice-prefeito Ila de Marechal Rondon

Publicado

em

Engana-se quem pensa que o vice-prefeito de Marechal Cândido Rondon, Ilario Hofstaetter (Ila) (PL), está fragilizado ou com alguma sequela após ter contraído Covid-19.

Gostaria de participar do nosso GRUPO DE WHATSAPP? É só clicar aqui
Quando estava em isolamento, no final de março, notícias se espalharam de que ele teria sido intubado e estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município à espera de uma vaga em unidade de terapia intensiva (UTI). Tudo não passou de boatos.

“Se eu falar que estou 100% é mentira, mas estou muito bem. O que foi divulgado lá atrás e repercutiu em órgãos de imprensa e redes sociais não procede em nada. Tive mal e mal uma febre. Fiquei na UPA por uma questão de precaução. Não precisei de oxigênio e não fui intubado. Meu estado de saúde estava muito bem e sempre estive bem”, frisou ao Jornal O Presente.

Nesta entrevista, Ila fala sobre a pré-candidatura a deputado estadual do prefeito Marcio Rauber (DEM). Se isso ocorrer, ele assume em definitivo o paço municipal, pois o democrata precisaria renunciar ao mandato.

O vice-prefeito enaltece que está preparado para ser prefeito se a conjuntura política levar Rauber a alçar voos maiores. Entretanto, ele enaltece que as definições passarão por uma série de análises do cenário, que mudou totalmente após o falecimento do deputado federal José Carlos Schiavinato (PP). Confira.

OP: Recentemente, o prefeito Marcio Rauber admitiu que é pré-candidato a deputado estadual. O senhor acha que ele vai mesmo ser candidato?
IH: A decisão não parte só do próprio Marcio, mas a vontade é muito grande da população de Marechal Cândido Rondon em ter novamente um candidato. O Marcio é pré-candidato, mas há um contexto que precisa ser analisado em nível regional. Às vezes a minha vontade pode ser muito maior daquilo que sou, mas preciso avaliar se tenho condição. O Marcio hoje é uma pessoa preparada se for candidato. Ele estaria preparado para assumir um cargo, mas temos que analisar se temos os votos suficientes, quantos que precisam. Tudo precisa ser avaliado, pois não basta só querer. Por mais que queira, hoje o cenário político e o fim das coligações na proporcional podem fazer com que esteja em um partido que talvez precise de muito voto. Volto a frisar que tudo precisa ser analisado.

OP: O município perdeu na eleição de 2018 seus dois deputados estaduais, o Ademir Bier (PSD) e Elio Rusch (DEM). O senhor acredita que o município ainda tem condição de eleger um deputado estadual?
IH: Nós temos em Marechal Rondon dois nomes que não são do município, mas estão fazendo um trabalho aqui: o Marcel Micheletto (PL) e o Hussein Bakri (PSD). Nós temos compromisso com estes deputados. Porém, se dentro do cenário político pedirem para o Marcio ser candidato, não só o Ila como toda nossa equipe vai trabalhar para que as coisas aconteçam. Vai depender do cenário político, e não depende apenas de Marechal Rondon. Perdemos de fato dois deputados estudais, o Ademir e o Elio. O Marcio seria um nome forte? Acho que sim. Tem condição? Sim, eu o conheço muito bem. É uma pessoa que olha para frente e teria condição de desempenhar o papel de deputado estadual com sabedoria e, principalmente, da forma como vem administrando o município, que está sendo um exemplo.

OP: A morte do deputado federal José Carlos Schiavinato muda as discussões em torno da pré-candidatura do prefeito Marcio?
IH: Muda, com certeza. O cenário antes era um e hoje tudo alterou. É lamentável a perda do deputado federal Schiavinato. Ele foi um grande deputado e sempre ajudou nosso município. Aqui fica nosso reconhecimento pelo que fez por Marechal Cândido Rondon e por todo Oeste. Agora outros nomes podem surgir da região. Há pessoas que estão como deputados estaduais e podem alavancar e ir para deputado federal. Aí abre-se uma porta para Marechal Rondon, de repente, colocar o nome do prefeito Marcio a candidato a deputado estadual.

OP: O deputado Micheletto é do seu partido e o nome dele, inclusive, vem sendo cotado como possível candidato a deputado federal. O senhor acha que ele abraça o novo projeto ou disputa a reeleição?
IH: Nas discussões às vezes a vontade é uma, mas tem que ver a questão partidária. Se formos analisar a região, não temos deputado federal daqui. O único que tinha era o Schiavinato. Se o Micheletto colocar o nome à disposição abre uma porta para alguém representar o próprio Micheletto, que fez bastante voto em Marechal Rondon, para deputado estadual. E qual seria o nome mais cogitado? Eu gostaria que fosse do prefeito Marcio Rauber.

“Se formos analisar a região, não temos deputado federal daqui. O único que tinha era o Schiavinato. Se o Micheletto colocar o nome à disposição abre uma porta

OP: O senhor é do PL e ainda não se sabe qual caminho o Micheletto vai tomar. Se ele for candidato à reeleição e o prefeito Marcio for candidato a deputado estadual, qual deles terá seu apoio?
IH: O prefeito Marcio tem assumido compromisso com o deputado Hussein e com o Micheletto. Precisamos respeitar os deputados que estão trabalhando por Marechal Rondon. E essa decisão não parte só dele. Precisamos ouvir a base. O Micheletto vem a estadual? O Marcio vai a estadual? Provavelmente o cenário muda de novo. Há uma briga dentro da região Oeste. Se o Micheletto for candidato vamos respeitar e apoiar. Apoiaremos o Micheletto e o Hussein. Mas aí também vem aquela questão caso seja uma decisão lá de cima para que o Marcio seja candidato. Então precisaremos avaliar.

OP: O senhor acredita então que o cenário está totalmente aberto em relação a possíveis candidaturas?
IH: Com certeza. Está totalmente aberto. Temos novidade a cada dia vindo e, voltamos a frisar, com a morte do deputado Schiavinato o cenário mudou totalmente.

OP: O senhor acha que o prefeito deve tomar a decisão até quando?
IH: A decisão não parte somente dele. O prefeito está ouvindo os companheiros, a base. Também passa por interferência de cima. De repente colocamos cinco, seis candidatos, e perdemos o que temos. Essa é uma decisão que precisa ser tomada e deve ser madura. Se for lançado candidato aqui, lá, ninguém chega a lugar algum. É preciso ter maturidade para abraçar uma candidatura.

“Se for lançado candidato aqui, lá, ninguém chega a lugar algum. É preciso ter maturidade para abraçar uma candidatura”

OP: Muitas vezes no meio político a vaidade fala mais alto. As lideranças terão essa maturidade?
IH: O Marcio já demonstrou sua qualidade. Digo que na política existe muito ciúme e esse é o pior de todos. A ciumeira das coisas acontecerem e não querer ver o crescimento individual daquela pessoa. O Marcio tem demonstrado que é bem maduro para administrar tudo isso. Tenho certeza que ele está ouvindo muitas pessoas, muitos com conhecimento e bagagem política, para não darmos um passo maior que a perna alcança.

OP: O senhor se sente preparado para ser prefeito, caso o prefeito renuncie ao mandato para disputar a eleição ano que vem?
IH: Eu sempre estive preparado para tudo. Gosto de desafios e politicamente já provei quando estive na Câmara por quatro mandatos como vereador e duas gestões como presidente do Legislativo. Temos no paço municipal um bom time, uma boa equipe. Nisso, acertamos na escolha dos nossos secretários, que nos têm dado amparo e guarida para esse bom trabalho que está acontecendo no município.

OP: Se for prefeito, o senhor muda algo na forma de fazer gestão?
IH: Estamos indo muito bem. Se for preciso mexer, se mexe para melhorar. No entanto, da forma como estamos administrando, e quando falo ‘nós’ me refiro ao prefeito, ao vice-prefeito e toda equipe, tem permitido que as coisas aconteçam, e elas estão acontecendo. Não posso dar uma opinião porque não há nada definido. Eu e o prefeito conversamos muito e as decisões a serem tomadas também vão acontecer. Se o Marcio for candidato preciso respeitar a decisão dele. Montamos uma equipe que está indo muito bem.

OP: O senhor pretende continuar na vida pública?
IH: Sempre dissemos ‘nunca diga não’, mas sendo sincero está perto do fim.

Vice-prefeito Ilario Hofstaetter (Ila) (PL): “Sobre pretensões futuras, serei franco: a minha vontade política, com todo este cenário no Brasil, é encerrar no dia 31 de dezembro de 2024” (Foto: Maria Cristina Kunzler/OP)

OP: Este é seu último mandato?
IH: Pode ser. Sobre pretensões futuras, serei franco: a minha vontade política, com todo este cenário no Brasil, é encerrar no dia 31 de dezembro de 2024.

OP: O senhor já visualiza algum nome do grupo de situação que poderia disputar a eleição como candidato a prefeito em 2024?
IH: Contamos com vários e bons nomes. Estamos conversando, dialogando, mas a decisão vai partir do grupo político. Não basta só uma pessoa querer. Precisa ver se o grupo vai apoiar aquela pessoa. Tudo isso é uma tratativa que precisa ser bem analisada. Se lá na frente o grupo decidir que determinado nome é o melhor candidato, temos que acatar e assim vamos respeitar. E temos bons nomes.

OP: Qual perfil o senhor acha que deve ter o possível candidato a prefeito do grupo?
IH: É o perfil que a sociedade pede. Tem que ser empresário, dinâmico, trabalhador. O Marcio demonstrou tudo isso. O prefeito não tem preguiça em trabalhar. Como disse, dentro do nosso grupo contamos com bons nomes e todos serão muito bem avaliados. E certamente colocaremos ao crivo da sociedade lá na frente para sabermos se é o candidato ideal.

OP: O senhor acha que o ex-deputado federal Dilceu Sperafico (PP) volta para a vida política?
IH: Estou ouvindo comentários que ele não quer (voltar). Se ele for candidato, é um nome forte. É um nome muito respeitado na nossa região pelo que fez e pelo que trouxe para todo Oeste do Paraná. Outro nome que preciso destacar aqui, que é muito forte, é o deputado federal Fernando Giacobo (PL), que tem contribuído com Marechal Cândido Rondon.

OP: O senhor fez a maior parte da sua vida pública na Câmara dos Vereadores, que na última eleição passou por uma renovação e hoje conta com nomes novos, e de jovens inclusive. Como tem avaliado essa legislatura?
IH: Vejo nomes novos, pessoas novas, mas com mentalidade madura. Essa é a visão que tenho hoje. É uma Câmara diferente, com pessoas que querem o bem de Marechal Rondon e estão trabalhando pelo bem do município. Aquela política do ‘eu’ acabou. Temos que pensar no bem da população como um todo e não apenas no individualismo. É desta forma que vejo: nossa Câmara tem vereadores maduros e com pensamento voltado ao crescimento do município.

Por Maria Cristina Kunzler/O Presente

Marechal Rondon

Genro é preso após agredir sogros idosos em Marechal Rondon

O crime aconteceu na Avenida Irio Jacob Welp. De acordo com a PM, o genro invadiu a residência e agrediu o casal com socos, causando lesões na face de ambos.

Publicado

em

Um caso de violência familiar chocou os moradores de Marechal Rondon na manhã deste domingo (14). Um homem foi preso após agredirseus sogros idosos em sua própria casa.

O crime aconteceu na Avenida Irio Jacob Welp. De acordo com a PM, o genro invadiu a residência e agrediu o casal com socos, causando lesões na face de ambos. As vítimas, que estavam ensanguentadas, foram socorridas por familiares e levadas para a UPA.

O agressor, que se recusou a obedecer às ordens dos policiais e resistiu à prisão, precisou ser imobilizado com uso da força física. Ele foi preso e encaminhado para a 47ª DRP.

Por Marechal Agora

Continue lendo

Acidente

Rondonense de 17 anos fica ferido em acidente entre Iguiporã/Curvado

Com o impacto, o rapaz sofreu ferimentos moderados, foi atendido no local pelos bombeiros e encaminhado à UPA Marechal para exames médicos.

Publicado

em

PRE

Por volta das 6h20 deste sábado (13), o Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido Rondon e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) foram acionados para atender um acidente de trânsito na PR-467, km 20.

Um veículo havia saído da pista e adentrado em um barrando, deixando um jovem de 17 anos ferido. Ele conduzia um veículo Kia Sorento, com placas de Marechal Rondon.

De acordo com a PRE, o veículo trafegava no sentido Iguiporã/Curvado, quando saiu da pista e chocou-se contra uma placa de sinalização na margem esquerda da rodovia.

Com o impacto, o rapaz sofreu ferimentos moderados, foi atendido no local pelos bombeiros e encaminhado à UPA Marechal para exames médicos.

Chovia no momento do acidente.

Por O Presente

Continue lendo

Marechal Rondon

Homem é preso conduzindo carro roubado, em Marechal Rondon

Na data de ontem (12), por volta das 11h45min, a Polícia Militar de Marechal Cândido Rondon apreendeu um veículo Ford/Ka prata com alerta de furto/roubo. O motorista foi detido por recptação.

Publicado

em

Na data de ontem (12), por volta das 11h45min, a Polícia Militar de Marechal Cândido Rondon apreendeu um veículo Ford/Ka prata com alerta de furto/roubo. O motorista foi detido por recptação.

A recuperação do carro ocorreu durante patrulhamento de rotina na Rua Mem de Sá, cruzamento com Rua Paraná. O condutor do veículo também foi abordado e constatou-se que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O condutor e o veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Marechal Cândido

Por: Ponto da Notícia

Continue lendo

Bombeiros

Bombeiros controlam incêndio em condomínio residencial de Marechal

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionados para combater mais um incêndio nesta sexta-feira (12) em Marechal Cândido Rondon.

Publicado

em

Rádaio Difusora

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionados para combater mais um incêndio nesta sexta-feira (12) em Marechal Cândido Rondon. Desta vez o fogo ocorreu em um condomínio residencial no cruzamento das Ruas 12 de Outubro com Maranhão.

O fogo teve início no quarto onde dormiam duas crianças, filhos dos moradores do local. A mãe sentiu o odor do fogo e rapidamente adentrou no quarto retirando as duas crianças. As crianças não teriam se ferido, mas por precaução, foram levadas para uma avaliação médica, em um hospital da cidade, pois inalaram fumaça. A mãe teria tido ferimentos superficiais, no rosto.

Assim que acionados, duas equipes do Corpo de Bombeiros foram até o local, para combater as chamas e evitar que o fogo se alastrasse. Após o trabalho de combate ao fogo, foi realizado, pelos bombeiros, o trabalho de rescaldo do local, para evitar qualquer novo foco de incêndio.

A suspeita é de que um curto circuito no ar condicionado tenha causado o fogo, já que o aparelho estava ligado na função de aquecimento. O fogo atingiu principalmente o quarto, das crianças, que fica no andar superior da residência.

Este é terceiro incêndio em menos de 24 horas em que o Corpo de Bombeiros foi acionado para combater as chamas. O primeiro aconteceu por volta das 23 horas desta quinta-feira, quando foi registrado um principio de incêndio em uma das salas do quarto andar da prefeitura municipal. Na tarde de houve, um incêndio foi registrado na cozinha de uma estabelecimento comercial Rua Curitiba.

Por: Aqui Agora

Continue lendo

Incêndio

Principio de incêndio em pizzaria rondonense mobiliza bombeiros

Apesar de muita fumaça, a situação foi controlada

Publicado

em

Rádio Difusora

Um princípio de incêndio em uma pizzaria localizada a Rua Curitiba, nas proximidades da Copagril, mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido Rondon na tarde desta sexta-feira (12).

A fumaça começou no reservado dos fornos do estabelecimento e foi percebida por vizinhos que rapidamente avisaram os proprietários e acionaram o Corpo de Bombeiros.

Duas unidades da corporação marcaram presença e controlaram a situação.

Ninguém resultou com ferimentos.

Por Rádio Difusora

Continue lendo

Marechal Rondon

Conflito por venda de celular termina em ameaça e caso de Polícia em Marechal C. Rondon

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência na Rua José Bonifácio, em Marechal Cândido Rondon, envolvendo um caso de suposto estelionato e ameaça.

Publicado

em

Na tarde de quinta-feira (11), uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência na Rua José Bonifácio, em Marechal Cândido Rondon, envolvendo um caso de suposto estelionato e ameaça.

Ao chegar ao local, os policiais foram informados pelo solicitante que estava vendendo seu celular iPhone 13 PRO MAX pelo valor de R$ 3,5 mil. Durante a negociação, um indivíduo intermediou a venda e instruiu a segunda vítima, a realizar um pagamento via Pix no valor de R$ 2 mil, supostamente como parte do acordo.

No entanto, após o pagamento, o intermediário cessou o contato e bloqueou ambos os envolvidos, sem entregar o celular conforme combinado. Isso gerou desentendimento entre as partes, com a segunda vítima se exaltando e proferindo ofensas ao solicitante, acusando-o de má-fé.

Em meio à discussão, a segunda vítima, acompanhada de outras mulheres, invadiu a residência do solicitante. Temendo pela sua segurança, o solicitante pegou uma faca como medida de defesa. Neste momento, a segunda vítima, agora considerada autor, ameaçou-o de morte, fazendo menção de buscar uma arma de fogo e chamando apoio de terceiros.

Uma testemunha que estava presente relatou ter sido ameaçada pelo solicitante com a faca ao tentar entrar na residência.

Após o ocorrido, a equipe policial conduziu todos os envolvidos à 2ª Companhia para a confecção do Termo Circunstanciado, pois ambos manifestaram interesse em representar criminalmente. Todos foram orientados sobre os procedimentos legais necessários.

Continue lendo

Incêndio

Fogo é registrado na prefeitura de Marechal Rondon

Um princípio de incêndio foi registrado na noite desta quinta-feira (11) na prefeitura de Marechal Cândido Rondon.

Publicado

em

Reprodução

Um princípio de incêndio foi registrado na noite desta quinta-feira (11) na prefeitura de Marechal Cândido Rondon.

Um vizinho ouviu barulho de uma janela quebrando, e ao verificar, identificou fogo em uma das salas do 3º piso do paço municipal, localizado na rua Espírito Santo, onde fica o setor de arquivos.

Segundo informações de testemunhas o fogo iniciou por volta das 23h10 e rapidamente os bombeiros foram chamados e controlaram a situação.

Não houve danos estruturais maiores.

A suspeita, é de que um curto circuito em uma tomada possa ter originado o princípio do incêndio.

O caso foi registrado pelo setor policial.

Por: Rádio Difusora

Continue lendo

Marechal Rondon

Morador de rua é preso em Marechal Rondon por tentativa de estupro

O boletim da Policia Militar divulgado hoje (12) destaca uma ocorrência de tentativa de estupro na noite de quarta-feira, por volta das 23 horas e 50 minutos.

Publicado

em

Difusora

O boletim da Policia Militar divulgado hoje (12) destaca uma ocorrência de tentativa de estupro na noite de quarta-feira, por volta das 23 horas e 50 minutos.

A PM foi acionada e no local, a rua Dr. Seyboth, bairro Universitário, a solicitante relatou que estava se deslocando de bicicleta do trabalho para casa quando foi surpreendida por um elemento que a puxou pela capa de chuva provocando queda.

Disse que no chão o homem montou sobre seu corpo e tentou abaixar suas calças, mas defendeu-se colocando os dedos no olho do homem que começou a gritar.

A todo momento o tarado tentava tapar a boca da vitima que conseguiu desvencilhar-se e evitar a consumação do ato.

A mulher informou aos Policiais Militares que o agressor estava vestido com blusa preta, calça jeans e tênis preto, era de estatura baixa , tinha bigode e cabelo curto.

A equipe começou a realizar buscas no intuito de localizar o autor dos fatos e em frente ao lago municipal avistou um indivíduo com as mesmas características e roupas citadas.

Ele foi abordado , identificado e disse ser morador de rua .

Foi detido e na delegacia de policia foi reconhecido pela vitima, ficando a disposição da justiça.

Por: Difusora

Continue lendo

Furto

Homem tem casa arrombada e bicicleta é furtada em Marechal Rondon

Dois furtos simples foram registrados pela Polícia Militar em Marechal Rondon na quarta-feira (10).

Publicado

em

Dois furtos simples foram registrados pela Polícia Militar em Marechal Rondon na quarta-feira (10).

No primeiro caso, uma bicicleta da marca Oggy, cor branca e aro 29, foi furtada em frente a uma clínica na Rua Sete de Setembro. A vítima, que estava realizando exames no local, relatou à PM que deixou a bicicleta por alguns minutos e, ao retornar, percebeu que ela havia sido levada.

Já no segundo caso, um homem teve sua casa na Rua Otto Follmann arrombada e diversos itens foram furtados. Entre os objetos levados estão carne, perfumes e roupas.

A PM foi acionada e vítima relatou para a equipe policial suspeita que um indivíduo conhecido, frequentador da residência e usuário de drogas, seria o responsável pelo crime. A Polícia Militar realizou patrulhamento na região, mas não conseguiu localizar o suspeito.

Por: Ponto da Notícia

Continue lendo

Acidente

Motociclista fratura a perna ao atropelar capivara entre Marechal e Nova Santa Rosa

Um motociclista percorria a PR 491 em Nova Santa Rosa, sentido à Marechal Cândido Rondon, quando nas proximidades da ponte sobre o Rio Guaçu acabou atropelando uma capivara que atravessava a rodovia.

Publicado

em

Portal Nova Santa Rosa

Um motociclista percorria a PR 491 em Nova Santa Rosa, sentido à Marechal Cândido Rondon, quando nas proximidades da ponte sobre o Rio Guaçu acabou atropelando uma capivara que atravessava a rodovia. O sinistro aconteceu na manhã desta quinta-feira (11), por volta das 6h35.

Conforme as informações, a vítima foi socorrida por uma pessoa que passava pelo local e encaminhada à UPA em Marechal Rondon, onde ficou na emergência recebendo os devidos cuidados.

O motociclista resultou com fratura em uma das pernas e deslocamento no ombro.

Um capacete e uma mochila ficaram ao lado da moto, que estava às margens da pista.

A neblina presente pela rodovia pode ter contribuído para a ocorrência do acidente, dificultando a visão do motociclista, que pode não ter visto o animal.

A capivara acabou morreu em decorrência do impacto, que também deixou a moto bastante danificada.

Por: Portal Nova Santa Rosa

Continue lendo

CASA DAS BATERIAS

Previsão do tempo

Facebook

Termos de uso e responsabilidade

É proibido a reprodução de todo ou qualquer parte deste site sem autorização prévia, como determina a lei nº 9.610 de 19 de fevereiro/98.
Todo conteúdo aqui exposto, visa a informação, a imparcialidade e a transparência.